Ensino - Aprendizagem

A Ação pedagógica do Colégio Santa Helena parte da ideia da formação do cidadão planetário, integro, ser histórico de pensamento transdisciplinar, ligado ao seu momento e espaço. Tomamos como princípios norteadores os quatro pilares da educação, para o século XXI, acrescentando um quinto pilar de formação. São eles:

Aprender a conhecer – A informação em nosso século é valiosa, porém sem o conhecimento e por sua vez a transmutação do conhecimento para o saber é de nenhuma valia. Aos nossos alunos apresentamos conteúdos, fatos, conceitos e princípios que possam levá-los rumo a construção desse saber.

Aprender a fazer – O conhecimento baseado em conteúdos apenas, não leva o educando à construção do seu saber. O Colégio Santa Helena acredita que a união entre o conhecer e o fazer torna-se imprescindível, uma vez que o mundo não separa e sim, aproxima as ações do conhecimento, fundamentado pela experiência.

Aprender a viver juntos – Em uma sociedade cada vez mais próxima, aprender a viver juntos é questão básica de sobrevivência. Nossa escola, propõe aos nossos alunos situações de aprendizagens em pequenos e grandes grupos, partindo dos conteúdos e ações previstas em nosso currículo, procurando desde cedo, que nossos educandos percebam que a ação conjunta e ética, modifica mundos.

Aprender a ser – Toda aprendizagem deve ter significado para o ser, pois nenhum processo de educação realiza em nossas vidas, mudanças por si só. O significado do processo e do caminho percorrido, leva o indivíduo à auto realização e consequentemente a realização de todos aqueles que convivem com ele, formando uma grande rede de relações e conhecimentos.  

Aprender a pensar de forma transdisciplinar – Todos os pilares levam a compreensão, da necessidade de uma mudança na forma de se pensar e compreender o mundo que nos cerca, A segregação ou separação do conhecimento, do saber fazer, do viver juntos e do ser, leva a um pensamento e a uma ação fragmentada que não responde mais as expectativas do homem do século XXI, enquanto seres históricos de um mundo em constante transformação.